domingo, 7 de novembro de 2010

Lado A:

Fora um dia lindo, sol tão brilahnte que até queimou seu ombro esquerdo, só o esquerdo, porque o direito segurou sua bolsa pesada, cheia de coisas inuteis que sempre carregava, como blusa de frio em dias quentes, um livro que sabia que não ia ler no dia, e canetas que não funcionavam para poder prender os cabelos longos e repicados, com essas coisas sabia que podia se perder sem medo... o resto arrumava pelo caminho... Amanda passiou o dia inteiro, ou melhor, passear não era palavra certa, acho que não existe palavra para tal... ficou o dia inteiro com a compania de uma grande amiga, com quem tinha os melhores papos, com quem podia ser ela mesma, sem medo... alias, com quem compartilhava os próprios medos... foram a feira hippie, assistiram Tropa De Elite 2, Amanda pela seguna vez, ams ela não ligava, gostava de repetir filmes, enfim o dia cheogu ao fim, ela sabia que a semana ia começar com gostinho de vida refeita!

Lado B:
O Sol brilhava tanto, e ela adorava ver o sol brilhar assim, e o seu dia passou: nem rápido demais, nem devagar demais, do jeito perfeito como tinha de ser, mas incrivel como aquela sensação dentro dela não sumia, uma agunia permanente, uma vontade de ser feliz, mas sem pretenções de realmente acontecer, o sentimento de final de domigno chegou sem dó... Se Amanda sofria, não importava para o universo, todas as dores que seres humanso sentem como uma rotina, ela tambem sentiria, junto com as próprias feridas abertas...

2 comentários:

  1. amanda nunca encontrará luciana???

    ResponderExcluir
  2. Você ainda não entendue pq seria impossivel Amanda e Luciana se encontrarem?

    ResponderExcluir